Notícia - Fundação refaz expedição no Rio Doce um ano após tragédia

Fundação refaz expedição no Rio Doce um ano após tragédia

Um ano após o desastre da barragem na cidade de Mariana, que contaminou todo o Rio Doce, a Fundação SOS Mata Atlântica foi até o local para analisar a situação da qualidade da água. A situação ainda é aterrorizante, 14 pontos de coleta continuam sem condições de uso, sendo que 13 destes estão sem vida e somente 3 pontos apresentam uma inicial recuperação.
Dos 18 pontos analisados, 9 deles apresentam índice de qualidade da água péssimo, 4 ruins, 3 regulares e somente 1 em ótimo estado, esse ponto onde a qualidade da água está em ótimo estado é justamente onde ainda há vegetação nativa que protege o rio. Nesse ponto avistaram uma família de antas e a presença da flora.
Contudo se as chuvas aumentarem os especialistas temem que esses locais recebam sedimentos trazidos pelo aumento das águas, e destacam que medidas preventivas devem ser tomadas para a recuperação do Rio Doce.

Leia matéria completa aqui!



Fonte: SOS Mata Atlântica


 
« Voltar